Minhas origens

Nasci em Bacabal, Maranhão. Meu pai era funcionário do Banco da Amazônia e foi transferido para Natividade, no norte de Goiás, hoje Tocantins. Depois de dois anos, foi transferido para Brasília, onde vivo até hoje. Em Brasília, meus pais tiveram a oportunidade de voltar a estudar, minha mãe se formou em Letras e meu pai se tornou advogado. Minha mãe foi minha grande referência, ela era uma professora exemplar e muito amada pelos alunos e colegas de profissão. Foi ela que me levou a amar os livros e a Língua Portuguesa, aos 10 anos eu já havia lido toda a coleção infantil de Monteiro Lobato e dali não parei mais, estava apaixonada pelo mundo da leitura.

 

Minha Profissão

Apesar de minha mãe não querer que eu me tornasse uma professora como ela, pois sabia os percalços dessa profissão, era óbvio que meu destino já estava traçado e, ao terminar o Ensino Médio, ingressei no curso de Letras Plenas, na Universidade de Brasília. Em 1984, graduei-me e não parei mais. Senti, inicialmente, o impacto da profissão ao me deparar com a realidade de um público adolescente insubordinado, mas, aos poucos, fui conseguindo me impor e delineando minha forma de trabalhar, de expor conteúdos e de me atualizar sempre. Não posso deixar de dizer que a sala de aula é uma grande professora, é ela a divisora de profissionais com vocação para exercer a profissão, pois só conseguem seguir aqueles que realmente gostam do que fazem.

 

Caminhada Profissional

Certa do que eu queria para minha vida profissional, fui procurando me atualizar cada vez mais, fiz muitos cursos de extensão e me especializei em Língua Portuguesa pela Universidade Católica de Brasília. Lecionei em grandes escolas e cursinhos pré-vestibulares do Distrito Federal e fui adquirindo cada vez mais experiência. Lecionei na Academia da Polícia Militar do Distrito Federal e na UPIS, nos cursos de Economia, Contabilidade e Secretariado Executivo.

 

Centro de Estudos de Língua Portuguesa

Em 2005, abri o Centro de Estudos da Língua Portuguesa (Celp), por onde já passaram mais de dois mil alunos. Tive assim a oportunidade de elaborar uma metodologia própria na arte de ensinar a Língua Portuguesa e de encaminhar muitas pessoas à realização de seus sonhos profissionais, pois no Celp, o Português é ensinado do básico ao avançado, levando o aluno a aprender sua língua nativa de forma consciente e não por um processo brusco de memorização de regras. Também ministro aulas para alunos do ensino médio de Gramática, Literatura e Redação no Colégio Batista de Brasília.

 

Projeto Português Digital

Há alguns anos, tenho visto a tecnologia ir tomando conta de várias áreas do conhecimento e percebi que a Internet seria a oportunidade de transmitir meus conhecimentos para um público maior, que muitas vezes se depara com maus profissionais e que, apesar de estudar Português a vida inteira, não consegue obter êxito na arte da comunicação, o que, indubitavelmente, tem interferido na realização de objetivos, desde o ingresso nas universidades até a inserção no mercado de trabalho e a ascensão profissional. Por isso, meu objetivo é transmitir conhecimentos de forma séria e comprometida para que a Língua Portuguesa possa ser assimilada de forma acessível, prazerosa e descontraída, deixando de ser estigmatizada como impossível de ser aprendida, quero que as pessoas deixem de ter medo de aprender o Português e passem a vê-lo como um grande aliado em todas as áreas que seguirem e para isso vou me empenhar cada vez mais, pois esta é a minha missão como educadora.