Quer saber como Ler e Entender um Texto?

4485
0
SHARE

Quantas vezes você deve ter lido um texto e não entendeu nada? Será que você está lendo da forma correta? Quer compreender bem os textos? Então, leia este artigo.

Se você é um daqueles apressadinhos que não querem ler os textos com calma, está depondo contra você mesmo. Afinal se é uma prova em que há interpretação de texto, onde mais haverá as respostas a não ser no próprio texto? A capacidade de abstrair as mensagens de um texto é adquirida de várias formas. Você, com certeza, já deve ter notado que os concursos públicos e os vestibulares estão, cada vez mais, dando ênfase à interpretação de textos e sabe por quê?

Porque ler e compreender bem um texto requer alguns pré-requisitos.  Você sabia que há três níveis de leitura de um texto?

Em primeiro lugar, temos a leitura exploratória. Quando for ler um texto que deva interpretar, leia-o sem parar do início ao fim, pois nesse nível você tem de captar o tema central do texto e, mesmo que você não esteja entendendo nada, continue a ler, pois seu cérebro vai fazendo as ligações semânticas necessárias para encontrar o assunto tratado.  Se, ao ler um texto, em um parágrafo, você apreender a palavra “direitos”, depois a palavra “deveres”. Se, em outro parágrafo, você captar a palavra “Constituição” e a palavra “cidadão”, com certeza, você já pensará no tema “Cidadania”. Por isso, mesmo que não esteja compreendendo bem o texto, leia-o sem pausas para saber do que se trata, pois há uma ideia central que você deve inferir e várias ideias secundárias.

O segundo nível é o mais complexo, pois trata da leitura analítica ou interpretativa. É aqui que os conhecimentos linguísticos vão fazer a diferença, se você tiver um bom vocabulário e souber as relações que as palavras têm no texto, tudo ficará mais fácil. É por isso que, quanto mais conhecimento gramatical você tiver, mais facilidade terá na interpretação de textos. Eu costumo ouvir alguns alunos dizerem que em tal prova só teve interpretação de texto e pouca gramática, na realidade, para saber interpretar bem, tem de saber gramática. Por exemplo, saber pontuação e as regras de crase é muito importante, uma vez que uma vírgula e até um acento grave indicativo de crase   podem mudar o sentido de uma frase. Se você disser “Dei um sorriso a Sílvio Santos” sem crase, está dizendo que deu um sorriso para Sílvio Santos, mas, se a frase tiver uma crase antes de Sílvio Santos, subentende-se que deu um sorriso à maneira de Sílvio Santos. Viu como mudou o sentido?

O último nível é o da leitura crítica. Nesse nível, o que conta são seus conhecimentos extratextuais, pois, quanto mais conhecimento você tiver sobre o assunto, mais fácil será para entender o que o texto está transmitindo. Eu costumo dizer que um bom leitor é aquele que sabe ler nas entrelinhas, que consegue captar as ironias, as críticas apresentadas no texto e as intertextualidades apontadas pelo autor.

É claro que, em um concurso público, como o tempo é crucial, muitas vezes não se tem tempo de ler um texto três vezes para responder às perguntas feitas, por isso, ao mesmo tempo em que estiver fazendo a leitura analítica, pode ir procedendo à leitura crítica, prestando atenção ao que está sendo criticado pelo autor e que assunto ele quer ressaltar, você verá como fará a diferença.

Portanto, para abstrair bem as informações de um texto, leia muito e saiba as relações gramaticais, assim você perceberá que sua capacidade de  interpretar ficará cada vez melhor e você poderá obter uma pontuação maior em provas de concursos e vestibulares.

 

Comentários

comentários